página inicial   |    quem somos   |    como pesquisar   |    anuncie   |    fale conosco
     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News
PESQUISA RÁPIDA:
produto ou serviço:


Explosão - MPT move ação contra lavanderia de Toritama que apresenta risco de explosão


07/01/20

 Foram encontradas irregularidades em 34 empreendimentos nas cidades de Caruaru, Frei Miguelinho, Surubim e Vertentes.

 
O Ministério Público do Trabalho (MPT) deu entrada na quarta-feira (18) em ação civil pública contra uma lavanderia de Toritama, no Agreste de Pernambuco. O processo é resultado da força tarefa realizada nos dias 10 e 12 de dezembro que investigou 34 empreendimentos do polo têxtil do estado.
 
Em Toritama as investigações encontraram nove infrações. Entre os problemas mais graves está o risco de acidente no funcionamento da caldeira, que tem trabalhado com pressão acima do limite, o que pode desencadear uma explosão.
 
Também foram identificadas falhas no operador, falta de sinalização e identificação dos equipamentos, banheiros em más condições, máquinas sem proteção e não uso dos equipamentos de proteção individual (EPIs).
 
A procuradora solicitou à Justiça que a empresa paralise as atividades até que o espaço seja adequado às regras de segurança e saúde no trabalho. Também foi pedido a indenização de dano moral coletivo no valor de R$ 90 mil, calculada com base nos 18 trabalhadores afetados pelos problemas.
 
Polo Têxtil de Pernambuco
 
Durante a inspeção nas empresas de lavanderia do setor têxtil, também foram encontradas irregularidades nas cidades de Caruaru, Frei Miguelinho, Surubim, Vertentes, no Agreste. As infrações encontradas estão relacionadas ao ambiente de trabalho e a segurança dos funcionários.
 
Entre as irregularidades estão a falta de EPIs, condições sanitárias precárias, problemas de segurança nos maquinários e instalações elétricas. Estes problemas comprometem a saúde e põem em risco a segurança do trabalhador.
 
O MPT notificou todas as empresas para que regularizem a situação e tomem as devidas providências para prevenir os acidentes de trabalho. As empresas tem dez dias para enviar a documentação que comprove a tomada de medidas.
 


Fonte: G1 Caruarú


Envie essa notícia para um Amigo


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do Amigo:

E-mail do Amigo:

Mensagem:




Pesquisar Cursos













     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News


Área do Anunciante                     Maquinas Industriais   /   Br Domínio Hospedagem de Sites   /