página inicial   |    quem somos   |    como pesquisar   |    anuncie   |    fale conosco
     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News
PESQUISA RÁPIDA:
produto ou serviço:


Prevenção - "População pode ajudar a evitar acidentes com garis


08/02/19

 Registros de casos em Ponta Grossa aumentaram em 2018. Moradores Moradores podem adotar ações simples para a segurança dos trabalhadores.

 
Acidentes com garis acontecem todo mês. As principais causas são mordidas de cachorro e descarte inadequado de materiais perfurocortantes, como cacos de vidro e seringas. Os registros de acidentes de trabalho envolvendo coletores da Ponta Grossa Ambiental (PGA), concessionária de limpeza urbana da cidade, aumentaram em 13% em 2018 quando comparado a 2017.
 
Os moradores podem colaborar com ações simples no dia a dia. “Para descartar cacos de vidro, por exemplo, corte uma garrafa pet ao meio, coloque o objeto cortante dentro e feche com fita adesiva, ou envolva os cacos em jornal, papel ou revista”, afirma o técnico de segurança do trabalho da PGA, João Cardoso. Essa dica vale tanto para o material perfurocortante descartado na lixeira de casa como para aqueles deixados nos Pontos de Entrega Voluntária (PEV’s). Já agulhas e seringas representam perigo ainda maior aos coletores e devem ser encaminhadas ao posto de saúde mais próximo. No último ano houve um aumento nos acidentes com perfuração por agulhas de 66% em comparação com o período anterior. Além disso, é importante que dias de coleta os moradores deixem seus cachorros presos. Em 2018, os ataques de cachorros aos garis aumentaram em 300% em relação a 2017.
 
Com ações simples, todos podem auxiliar na redução de acidentes, como fez Paula Iurassek Rufino, moradora da Ronda. Ao chegar em casa ela percebeu um enxame de abelhas na caixa do correio, que fica ao lado da lixeira, e avisou a PGA do perigo. “Como não consegui um apicultor para retirá-las dali naquele dia e o caminhão da coleta passaria no dia seguinte, pensei na segurança dos coletores”, conta.
 
Para ela, é importante que todos tenham atenção com o próximo. “Sempre tenho esse cuidado, separando os materiais que podem ser perigosos como vidro e prendendo os cachorros”. A moradora entrou em contato com a Ponta Grossa Ambiental pelo perfil da empresa no Facebook.
 
Conscientização
 
A fim de evitar acidentes de trabalho, a PGA realiza ações internas e com o público em geral. Os coletores, por exemplo, passam por treinamentos frequentes sobre os riscos da atividade e medidas de segurança.
 
Para atingir a população, a PGA realiza campanhas direcionadas aos públicos alvo durante o ano. A “Lixo Seguro”, por exemplo, organiza palestras e atividade educativas em escolas particulares e públicas, com objetivo de envolver as crianças na conscientização do descarte correto de resíduos. A empresa também realizou em 2018 a campanha “Trânsito Consciente”, já que alguns acidentes de trabalho dos coletores têm relação com atropelamentos. “Já conseguimos perceber os efeitos, e no último ano tivemos apenas um caso de atropelamento”, conta a diretora de SGI, Caroline Borsato. A campanha tem sua segunda edição prevista para maio deste ano.


Fonte: Diário dos Campos


Envie essa notícia para um Amigo


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do Amigo:

E-mail do Amigo:

Mensagem:




Pesquisar Cursos













     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News


Área do Anunciante                     Maquinas Industriais   /   Br Domínio Hospedagem de Sites   /