página inicial   |    quem somos   |    como pesquisar   |    anuncie   |    fale conosco
     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News
PESQUISA RÁPIDA:
produto ou serviço:


SST em Angola - Workshop sobre segurança e saúde no trabalho domina noticiário social da semana


03/07/11

 

Luanda – A realização do workshop sobre “Novos desafios da segurança e saúde no trabalho” pela Inspecção Geral do Trabalho, através do Ministério da Administração Pública, Emprego e Segurança Social (Mapess) em parceria com a Organização Internacional do Trabalho (OIT) dominou o noticiário social da semana que hoje finda.
 
Na abertura do encontro, o vice-ministro da Administração Pública, Emprego e Segurança Social, Sebastião Lukinda, chamou a atenção das empresas para a necessidade de se criarem condições de trabalho, com vista a se evitar os acidentes.
 
Referiu que tem se registado no país um crescimento de acidentes e doenças no trabalho, acrescentando que para se reverter o quadro é necessário a melhoria, urgente, dos locais de trabalho, para um ambiente mais saudável e seguro, onde o brio profissional impera.
 
Na ocasião, o especialista regional em medicação de trabalho da OIT (Organização Internacional do Trabalho), Dia Insa Bem Said, defendeu a necessidade da observância das normas internacionais de trabalho nos estados membros da associação para que se preserve a vida dos trabalhadores.
 
 Segundo o responsável, Angola ratificou algumas normas internacionais, por esta razão destacou a importância do seminário, que visa verificar a observância das mesmas do ponto de vista da sua aplicação.
  
Fez ainda manchete o pronunciamento da ministra da Comunicação Social, Carolina Cerqueira, em Benguela, segundo o qual o Pacote Legislativo da Comunicação Social irá estabelecer parâmetros dentro dos quais os profissionais têm de exercer a actividade para informar, formar e entreter os leitores, ouvintes ou telespectadores.
 
Carolina Cerqueira augura que as contribuições, as propostas e os subsídios que foram dados em Benguela melhorem o Pacote Legislativo da Comunicação Social, como forma de que no futuro os jornalistas angolanos se sintam orgulhosos.
 
A governante considera ser um factor de encorajamento o interesse e a avidez dos jornalistas em debater um tema que tem vindo a unir a classe de Cabinda ao Cunene, suscitando a atenção da opinião pública nacional e de muitos dos angolanos na diáspora que diariamente enviam mensagens, propostas e sugestões sobre o diploma.
 
Ainda sobre o mesmo diploma, o vice-ministro da Comunicação Social, Miguel de Carvalho “Wadijimbi”, referiu que as discussões em torno do Pacote Legislativo da Comunicação Social que se realizou e várias províncias e instituições públicas do país reflecte o fortalecimento das instituições do Estado angolano, que tem como fundamentos a soberania dos seus cidadãos.
 
Este pronunciamento foi feito sexta-feira, no Centro de Formação de Jornalistas (Cefojor) pelo vice-ministro da Comunicação Social, Miguel da Carvalho “Wadijimbi”, quando fazia a abertura do debate sobre o Pacote Legislativo do sector com profissionais de Luanda e do Bengo.
 
Segundo o responsável, o processo em curso se enquadra, e bem, no processo democrático em curso no país, que tem como fundamentos o primado da Constituição e da Lei, o pluralismo de expressão e a democracia representativa e participativa.
 
Constituiu ainda destaque ao longo da semana que hoje termina a visita da vice-ministra da Educação, Ana Paula Inês, de três dias, à província do Moxico, onde se inteirou do funcionamento das instituições de ensino e das obras de impacto social que estão a ser realizadas.
 
A responsável começou por radiografar as obras no município do Kamanongue (a 52 quilómetros do Luena), com realce para a construção e reabilitação das escolas primárias, residências para professores e enfermeiros, bem como outras obras de impacto social em curso na municipalidade.
 
Na vila do Luau, inspeccionou as obras de duas escolas primárias com capacidade para seis salas de aula, duas residências para professores e enfermeiros, uma repartição da agricultura e um jango comunitário, obras enquadradas no programa de combate à pobreza.
 
Com o mesmo propósito, Ana Paula Inês examinou os trabalhos de reabilitação e ampliação da Administração Municipal do Alto-Zambeze, sistema de captação, tratamento e distribuição de água e de iluminação pública, bem como o futuro mercado municipal.
 
Ao longo da semana a Angop fez ainda uma abordagem sobre o fenómeno “Prostituição Infantil”, os seus contornos, prejuízos, às províncias que mais sofrem com este fenómeno de exploração. 
 
Convidado a falar sobre o assunto, o chefe do Departamento Nacional de Protecção à Criança do Instituto Nacional da Criança (INAC), Paulo Kalesi, adiantou que o fenómeno "Prostituição Infantil" está a aumentar no país, com realce nas províncias de Luanda e Cunene.
 
Sem mencionar números exactos de crianças envolvidas, Paulo Kalesi recordou que “essa prática remota da época 1996/1997, com o surgimento de casos denominados “catorzinhas” e a partir daquela data "o fenómeno conheceu aumentos significativos".
 
Em Luanda, pontualizou, encontram-se menores a se prostituírem às noites na zona da Marginal e nos últimos tempos há registos de crianças a praticarem essa actividade no município de Viana.
 
O responsável indicou ainda a província do Cunene como outro foco de prostituição infantil, mas concretamente na zona fronteiriça de Santa Clara, onde é visível crianças a serem abusadas por camionistas e outros indivíduos adultos, nas barracas existentes naquele local.
 
No plano cultural, foi notícia o facto da estilista angolana Nadir Tati representar o país no maior evento de moda africana, denominada “África Fashion Week”, a decorrer em Nova Iorque, nos Estados Unidos de América, de 14 a 16 de Julho.
 
Nadir Tati fez saber que nesta sua primeira presença no evento, irá levar uma colecção de roupas com o tema "A força de África".
 
A colecção de 30 peças, referiu, é inspirada no continente africano, principalmente em Angola.
 
Aguarda-se neste evento, a presença de mais de 21 desenhadores de roupas do continente berço (África), sendo que o evento servirá também como oportunidade de negócios, reconhecendo a presença de estilistas, produtores e agências de moda dos Estados Unidos.



Fonte: Agência Angola Press


Envie essa notícia para um Amigo


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do Amigo:

E-mail do Amigo:

Mensagem:




Pesquisar Cursos






Feiras
22/10 - PreveNor - 13ª Feira Norte-Nordeste de Saúde, Segurança do Trabalho e Emergência

» saiba mais

» calendário de feiras







     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News


Área do Anunciante                     Maquinas Industriais   /   Br Websites Desenvolvimento de Sites   /   Br Domínio Hospedagem de Sites   /   .