Máquinas e Equipamentos NR 12 - Plaina para madeiras

linha.gif (1525 bytes)

Plaina é máquina destinada a dimensionar e dar acabamento à madeira serrada em bruto. Há plainas para trabalhar duas e quatro faces da madeira de uma só vez. Essas máquinas são menos perigosas do que muitas das usadas em carpintaria.

São alimentadas mecanicamente, evitando assim a necessidade de as mãos aproximarem-se do ponto perigoso.

Transmissão de Força: Deve ser isolada como previsto pelas normas de segurança.

Ponto de Operação: O conjunto das lâminas de corte fica, regra geral, isolada pela própria estrutura da máquina. Às vezes o próprio captor do sistema de exaustão faz parte da guarda de proteção. Ferimentos nas mãos contra as lâminas são mais prováveis quando da afiação ou colocação, devido à localização que ocupa no corpo da máquina.

Partes Móveis: Os rolos de alimentação podem constituir riscos de prensamento. Proteções fixas, semi-circulares, evitarão que as mãos se aproximem dos rolos.

Os dentes dos rolos devem permanecer afiados e não deve existir folga nos eixos, para evitar o retorno da madeira. É perigoso introduzir, entre os rolos, madeiras de espessuras diferentes; pois caso haja alguma folga nos eixos dos rolos, a madeira mais fina poderá ser arremessada para trás.

Cuidados Pessoais:

  1. O operador não deve ficar na direção da entrada da madeira.
  2. Deve usar óculos de segurança.
  3. Não deve usar luvas, mas deve precaver-se contra felpos e arestas cortantes da madeira.

Localização:

Por ser máquina de alimentação automática e operar com madeiras às vezes longas, deve-se prever espaço para que a madeira, ao sair, não vá de encontro a pontos fixos tais como parede, colunas, outras máquinas, etc.

O espaço livre a ser deixado entre a extremidade da madeira mais longa e um ponto fixo deve ser mínimo de 80 cm.

Para mais informações:

AVATEC - Avaliações Técnicas Ambientais - Fone: (11) 4990-1780 - Site: www.avatec.com.br E-mail:avatec@avatec.com.br